Mudamos de endereço!

Imagem

Olá, muito obrigado por você ter acessado o nosso blog nesses dois últimos meses, mas o blog precisava de algo novo, nome diferente, algo que poucos pensassem nisso, foi assim que cheguei numa idéia…

Afinal, qual é a página que marcou sua vida? Já reparou que todos os livros que lemos sempre começa a ficar intererssante – ou passa a fazer algum sentido – a partir da sétima página? ou aquela novela que você tanto gostou – ou gosta – de assistir? Você só passa a querer acompanhar direito o enredo a partir do sétimo capítulo. Antes de novela ser uma novela era antes um livro.

Por isso queria fazer um blog de pensamentos mas que não levasse o meu nome no endereço, e sim algo que fosse marcante na vida de todos, por isso o blog passa a se chamar “PÁGINA 7“.

Diversas vezes algo que foi escrito aqui – não somente por mim – ajudou alguém ou mudou o jeito de pensar de alguma pessoa, são vários os motivos que levam a troca de endereço e de nome, mas com a mesma essência que é estimular você leitor a observar a vida de uma forma diferente e o blog continua com a mesma proposta: ser um Espaço para Pensar e Refletir.

Por mais que os posts antigos estejam também no novo blog, decidi deixar uma cópia no antigo endereço para que os links já salvos na Página do Facebook não quebrem, repostar tudo levaria semanas.

O nosso novo endereço é:
http://paginasete.wordpress.com/

Nos encontramos no Página 7, até lá!!!

O poder das palavras

Olá, todas as vezes que eu vou conversar com alguem, sempre costumo reparar no que eu digo – no calor da emoção é meio dificil, admito – mas é como eu digo: “Palavras são como flechas”, tudo o que digo poderá ou não ter um peso forte em cima da pessoa.

last-picture-of-the-titanic

Titanic é, sem dúvidas, um bom filme, bem produzido e tudo – tirando o excesso de romantismo – mas, contudo foi um excelente filme. Aí você me pergunta: O que o Titanic tem a ver com esse tema?

Quando eu assisti esse filme eu reparei uma coisa muito importante que é o que o “Jack” disse para “Rose” quando ela já havia perdido as esperanças de alguém vir socorrer os que estavam no oceano, ele disse o seguinte:

“Você não vai morrer aqui, vai ter muitos filhos e netos, vai morrer velhinha numa cama bem quentinha, não aqui, não agora, não nesse lugar!”

Essas coisas de fato aconteceram, exatamente do jeito que ele havia dito, e é assim que acontece na vida real, o que você diz a alguém corre o risco de acontecer, tanto pro bem, quanto pro mal, não é estranho mães que chamam os filhos de praga, peste, burro etc, e logo mais eles na frente se tornam verdadeiros delinquentes e mais pra frente marginais e criminosos, o que você diz tem tanto o poder de abençoar ou amaldiçoar as pessoas tanto os outros como a você mesmo, mas com um detalhe: o que você disser para os outros, volta a você mesmo em dobro.

Não somos nada

Em novembro de 2012 estava eu, voltando de mais um dia de curso exausto e morrendo de fome, estava com muita pressa. Nesse dia, chegando numa passarela chamada “Passarela da Caracol” eu vi um senhor andando muito debilitado, levando quase toda hora esbarrões das pessoas ao redor, passei por ele e dei boa tarde, mas na hora voltei atrás e decidi ajudar.

H6111

Mesmo ele dizendo que não precisava eu pedi para que ele apoiasse a mão dele no meu ombro, bem devagar atravessamos aquela passarela, mas foi recompensante toda a travessia, ele que apesar de ter 96 anos de idade, se lembrava da cidade de Nova Iguaçu na época em que era chamada de Cidade-Perfume por causa dos laranjais, e de como a cidade em que ele morou praticamente a vida toda se desenvolveu, das vastas lavouras aos belos prédios e edifícios, da estrada de terra ao asfalto, e como aos poucos a cidade se transformou em menos de 100 anos.

Depois da travessia, insisti pra que eu o ajudasse a atravessar a rua do ponto, já que ele quase foi atropelado, fiquei feliz e ao mesmo tempo pensativo pois vi que não somos nada, o tempo passa e nós sempre seremos dependentes, do pó nascemos e para ele um dia iremos retornar.

De uma forma ou outra aprendemos com a vida a sermos mais humildes, a respeitar a hora de que o tempo passou, de observarmos o que realmente está ao nosso redor, de estender a mão a um alguém desconhecido, se estar no lugar de quem um dia você rejeitou ajuda.

Portanto pense antes de dizer “não” por estar com pressa, afinal o amor é um simples gesto de afeto e carinho de cada vez.

Era para ser mais um dia normal

No último dia 8 de março me alistei na Junta Militar de NI, afinal falta bem pouco pra fazer 18 anos e não estou a fim de pagar multas.

Foto 1921

É um processo demorado e por ordem de chegada, fui cedo, sai por volta de 5:30hs, mas na oportunidade pude ver a cidade ao amanhecer, algo que já não via faz um tempo, mesmo sendo um dia nublado pude matar a saudade de ver o nascer-do-sol, o trajeto de casa até o local foi percorrido de moto, o que fez a viagem ser ainda melhor.

Foto 1933

Sai de casa ainda na escuridão, pude ver as pessoas saindo de casa para mais um dia árduo de trabalho, ruas vazias, somente as árvores faziam barulho ao som dos ventos, nada melhor que sair de casa e não pegar trânsito nenhum, sem um barulho sequer e ainda por cima você respirar ar puro, algo que numa cidade bem movimentada isso é impossível durante o dia.

Foto 1935

O percurso levou 20 min., mas é uma daquelas experiências que vale a pena sempre quando se está estressado, se você reparar cada detalhe do caminho, as árvores, aquele frio da madrugada e pássaros cantando, é uma ótima forma de começar o dia.

Palmas para essa tribo

Há uma tribo africana que tem um costume muito bonito.

603172_3517701920953_501937192_n

Quando alguém faz algo prejudicial e errado, eles levam a pessoa para o centro da aldeia, e toda a tribo vem e o rodeia. Durante dois dias, eles vão dizer ao homem todas as coisas boas… que ele já fez.

A tribo acredita que cada ser humano vem ao mundo como um ser bom, cada um de nós desejando segurança, amor, paz, felicidade.

Mas às vezes, na busca dessas coisas, as pessoas cometem erros. A comunidade enxerga aqueles erros como um grito de socorro.

Eles se unem então para erguê-lo, para reconectá-lo com sua verdadeira natureza, para lembrá-lo quem ele realmente é, até que ele se lembre totalmente da verdade da qual ele tinha se desconectado temporariamente:”Eu sou bom”.

Sawabona Shikoba!

SAWABONA, é um cumprimento usado na África do Sul e quer dizer:
“EU TE RESPEITO, EU TE VALORIZO, VOCÊ É IMPORTANTE PRA MIM”.

Em resposta as pessoas dizem SHIKOBA,que é:
“ENTÃO, EU EXISTO PRA VOCÊ”.

Camila Palazzo

Machucado com palavras

“A nossa língua é a espada mais afiada que existe, pois não penetra a carne e sim nossa alma.”

As vezes somos criaturas muito “sem-noção” por falar coisas desnecessárias com as pessoas e não reparar o erro causado, é como jogar uma bomba na pessoa mas achar que não vai causar estragos.

Digo isso porque eu hoje numa conversa simples com uma pessoa – cuja identidade vou preservar – descobri como apenas uma frase ignorante pode deixar uma pessoa querida em cacos.

Muitas pessoas não levam em conta as amizades que possui, não sabem valorizar a companhia que tem, haja visto que existem amizades mais próximas que os nossos próprios irmãos, ou simplesmente acham que as pessoas são as marionetes delas, ou seja, usa, usa, usa e depois joga fora.

Vejo como uma falta de humildade, censo de respeito, devemos dar valor as pessoas que nos apoiam, para que não passe o tempo e venhamos morrer sozinhos.